Terça-feira, Novembro 29, 2022
Publicidade
InícioCrónicasTarde de chuva com terna a sair em ombros

Tarde de chuva com terna a sair em ombros

Triunfo de público com a praça cheia e triunfo artístico com os três artistas em ombros pela porta grande na terceira corrida de abono da feira taurina de Olivença 2018.

Miguel Angel Perera abriu a  tarde perante um nobrezito toiro de Gracigrande, apesar de justo de forças permitiu ao maestro de  Puebla del Prior estar a gosto e num toureio repousado sacar uma faena interessante que lhe permitiu o corte da primeira orelha da tarde.

Alejandro Talavante brilhou no capote com um quite de ajustadas chicuelinas, bom início de faena com dois grandes derechazos e passe cambiado, brindou ao ganadeiro uma faena curta e justa mas intensa de sabor onde foram escutados os maiores olés no que vai de feira, perante um nobre toiro de Gracigrande.

Gines Marin conquistou logo a porta grande no primeiro toiro de dois compromissos na praça da sua terra, com uma segurança enorme perante um nobre toiro de Domingo Hernandez, Gines Marin demonstrou o grande momento que atravessa e como se tornou um dos pilares desta feira de Olivença 2018.

Miguel Angel Perera viu o seu segundo toiro da ganadaria de Domingo Hernandez fechar-se em tábuas, e foi ai que Perera desenvolveu quase toda a sua faena, pisando terrenos de grande compromisso, arrimou-se e cortou uma orelha.

Alejandro Talavante perante o quinto da tarde ofereceu-nos uma faena inspirada, um toureio templado e baseado sobretudo na mão esquerda com duas grandes tandas de naturais que fizeram soar os maiores olés da tarde, sentimento e profundidade são as palavras que melhor definem os momentos protagonizados pelo diestro Pacense. Cortou duas orelhas de peso.

No que fechou a corrida e também ele com o ferro de Domingo Hernandez poucas opções deu a Ginés Marin de triunfo, fica o esforço e a persistência do toureiro da terra que terminou sendo ovacionado.

Publicidade
Publicidade

Últimas